Programa Nascentes – Conservação de Recursos Hídricos e da Biodiversidade no Estado de SP

Uma boa notícia para quem se preocupa com o meio ambiente são os resultados divulgados recentemente pelo Governo do Estado de São Paulo em relação ao Programa Nascentes, considerada a maior iniciativa de restauração ecológica do estado.

O Programa, que foi criado com o objetivo de ampliar a conservação dos recursos hídricos e da biodiversidade, tem obtido um grande destaque e mostrado resultados eficientes na gestão das áreas próximas aos cursos d’água em São Paulo. Instituído em 2014 e anteriormente conhecido como “Programa Mata Ciliar”, ele direciona investimentos públicos e privados por meio de uma rede que envolve 12 secretarias estaduais de Governo, proprietários rurais, restauradores, empresas, gestores municipais e sociedade civil.

O projeto está voltado à proteção de matas ciliares, nascentes e regiões de recarga de aquífero, bem como ao aumento da cobertura de vegetação nativa em mananciais, além do plantio de árvores nativas e melhoria do manejo de sistemas produtivos em bacias formadoras de mananciais. A restauração da vegetação nativa, através das matas ciliares, é fundamental para evitar a seca das nascentes e proteger leitos de rios e riachos, evitando contaminações do lençol freático.

“O Programa Nascentes conta com mais de 39 projetos estratégicos aptos para contratação, além de mais 111 mil hectares disponíveis para receber projetos”

Revela o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido.

A ação do Programa Nascentes inspira também diversos outros projetos, direciona investimentos públicos e privados para o cumprimento das chamadas obrigações legais, com o objetivo de viabilizar a compensação de emissões de carbono e a implantação de projetos voluntários de restauração.

Os números iniciais, de acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, apontam mais de 24 milhões de mudas plantadas desde 2014, quando o projeto surgiu. No total, as ações representam 14.525 hectares em restauração, o que equivale a uma área relativa a mais de 20.000 campos de futebol.

Mais informações sobre o Projeto podem ser obtidas no site: Programas NASCENTES.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print